Dica - Luciane Vecchio

Como lidar com a depressão e a solidão no home office?

Como lidar com a depressão e a solidão no home office?

Na atualidade, para a maior parte das pessoas, home office é novidade; para outros, fazia parte da rotina, mas, não com a intensidade dos últimos meses.

Então, para te ajudar de maneira mais objetiva, seguem dicas importantes!

•    Organize seu espaço: mesmo que não tenha um cômodo só para escritório, disponibilize um espaço simples, iluminado e aconchegante, evitando distrações. Este hábito fará com que entendam que você está ocupado, caso resida com outras pessoas. Faça da organização uma aliada, começando e encerrando cada dia de trabalho com uma arrumação do local.

•    Rotina: acostume-se a acordar no mesmo horário e a não estender o expediente. Estabeleça rotina, levantando, tomando banho e colocando uma roupa diferente do pijama. Isso fará com que seu cérebro entenda que está no “modo trabalho”. 

•    Liste o que precisa fazer! Isso fará com que você entenda cada necessidade e se programe, sem se perder em emoções que vão te levar para baixo, mas ocupado de forma a aumentar a sua produtividade.

•    Faça pausas: cuide da alimentação, exercite-se e não se deixe levar pelo desânimo; coloque o despertador para funcionar e se programe para fazer atividades não relacionadas ao trabalho. 

•    Não se deixe levar pela pressão: por produtividade, entregas, reuniões e performance! Ufa! Lembre-se: você ainda é a mesma pessoa, as coisas podem mudar, mas as suas competências e habilidades não. Aliás, essa é uma ótima oportunidade para desenvolver novos conhecimentos! 

•    Não se isole: é importante marcar na agenda um telefonema para um amigo, o exercício físico com o professor da academia, etc. Se preocupe com outras pessoas além de você mesmo e vai ver como isso ampliará a sua mente.

•    Avalie sentimentos: ao anoitecer, veja como passou o dia, anote motivadores e gatilhos de cada sentimento e perceba sutis mudanças, aprendendo a trocar crenças negativas por pensamentos otimistas. Respeite seus sentimentos e pare de listar mentalmente os defeitos; passe a pensar em suas potencialidades!

•     Preferencialmente, se informe pela internet. Programe-se para ver as notícias no máximo 2X ao dia e nunca antes de dormir! Cuide da qualidade das informações que recebe, pois, em tempos de incerteza já é natural ter um aumento da ansiedade. Se, aliado a isso, ainda ficarmos entrando na onda do desespero, será um prato cheio para a desmotivação! 

•    Procure ajuda! Muitas pessoas tendem, erroneamente, a ter preconceito com o trabalho do Psicólogo e do Psiquiatra e ficam sofrendo sozinhas, muitas vezes desenvolvendo depressão, burnout ou outras síndromes. Assim como a saúde física, a saúde mental também deve ser levada a sério.

Cuide-se!

_______________

Luciane Vecchio
Psicóloga Clínica | Consultora | Mentora | Colunista | Especialista em Desenvolvimento Humano, RH, Empreendedorismo, Carreira e Liderança | Atendimento a Executivos | Revisão de CV e Perfil Campeão LinkedIn
CRP: 06/74914

Luciane Vecchio

Autor: Luciane Vecchio

Psicóloga Clínica, Master Coach, Consultora de Carreira, Especialista em RH, Orientadora Vocacional, Colunista de Carreira & Comportamento. CRP: 06/74914

[email protected]