Como lidar com a falsidade no ambiente de trabalho?

Como lidar com a falsidade no ambiente de trabalho?

“No meu ambiente de trabalho, enfrento um problema muito sério, que é a falsidade.  Estou pensando em procurar outro emprego, mas só vou saber se o ambiente lá também é falso, depois que começar a trabalhar... Minha dúvida é se essa mudança poderá me fazer me sentir melhor e se é este o caminho... O que faço? Obrigada.”

Como é possível estar em um ambiente tóxico sem se deixar influenciar por ele? Veja nesse artigo!

Mude o seu olhar sobre as coisas e o seu entorno também mudará!

É, “o inferno são os outros”, como diria Sartre. E onde eles estiverem, você verá problemas.

Não é possível mensurar se um local te agradará mais ou menos, pois, o seu foco não deve ser nas pessoas, mas, naquilo que você quer conquistar e no que realmente importa.

Lutar as batalhas que realmente valem a pena é uma arte. E também uma escolha que está em suas mãos.

Claro que existem sim ambientes menos salubres e mais tóxicos do que outros, em que imperam relações mesquinhas e egoístas. Mas, estamos falando de seres humanos, com seu lado bom, mas também o seu “lado sombra”; e todos nós temos os 2 lados, não se iluda.

Se ficarmos esperando que as pessoas mudem para podermos ser felizes, lamento te dizer, mas, não seremos. Aqui a chave que você deve obter é: mudar primeiro a sua visão sobre as coisas. Está em um ambiente em que rola fofoca? Diga algo bom, mude o tema da conversa ou simplesmente se afaste, alterando o seu foco.

Mudança na carreira

Claro que você tem todo o direito de buscar mudar de empresa, deixar de ser CLT, empreender dentro da sua própria casa ou ainda mudar de país para se livrar disso, mas, essa atitude resolverá o seu problema? Será dessa maneira que as coisas se resolverão ou você apenas mudará de cenário, com novos problemas?

Afinal, a sua forma de ver o mundo você levará consigo e, mais uma vez, insisto, é aí que mora a solução, a energia que você vem gastando com os outros, com tentar mudá-los ou se indignar sobre como eles são e como você gostaria que eles fossem. Isso é em vão...

E você o que pode fazer para mudar esse clima? Que tipo de ações pode tomar e como mudar a sua própria mentalidade?

Uma das diferenças entre pessoas de sucesso e aquelas que não tem, é que elas não se deixam abater por cada pedra no caminho ou opinião contrária, mas, se preocupam primeiro em aprimorar a si mesmas, se desenvolver, colocar o foco no que podem de fato mudar e não no que não está no controle delas.

Analise se, mesmo sem querer, você também não está contribuindo para que esse ambiente seja tão ruim. Você tem entrado nessa energia ou tem tentado mudar, se afastar quando a conversa é insalubre, falar de outras coisas, fazer a sua parte na mudança?

Sinal de alerta

Quem sabe isso não é um sinal de alerta para que você possa respirar novos ares (ainda que dentro do mesmo ambiente), fazer novas parcerias, estabelecer outros contatos, se desenvolver?

A energia negativa é sugadora e quando menos percebemos, estamos profundamente envolvidos por ela e esse despertar exigirá que assuma que pode ser que esteja contribuindo para a permanência desse clima tóxico. Sim, você pode estar contribuindo, não apenas os outros...

Liste quais são as ações que estão debaixo do seu controle, descreva como pode fazer para mudar e quais serão os primeiros passos que dará. Estipule prazos, metas e um objetivo.

Dicas preciosas para se manter equilibrada em meio ao caos

Para não parecer que estou apenas discursando, sem verdadeiramente te ajudar de forma prática, sugiro que siga essas sugestões enquanto vai mudando sua forma de ver esse ambiente ou até mesmo enquanto vai mudando de ambiente.

1. Concentre-se no objetivo que deseja alcançar, o que fará com que os monstros e medos tenham o tamanho certo e o estresse possa ser melhor controlado, pois, você conseguirá estabelecer pequenos passos para chegar aonde deseja. Esta atitude reforçará a sua determinação, autoconfiança e foco, aumentando a força que precisa para lidar com esse ambiente.

2. Busque formas (seja terapia, coaching ou outras) para desenvolver autoconhecimento. Dessa maneira, suas escolhas estarão mais alinhadas aos seus valores e as emoções, conhecidas e controladas. Autoconhecimento também permite que se treine os pensamentos, reforçando imagens e conceitos mais positivos. Assim, lidar com os colegas mais difíceis, as situações mais complexas, o chefe estressado e a grande demanda de trabalho, ficará mais fácil. Quanto mais a inteligência emocional é desenvolvida, mais segura você se sentirá para conduzir a vida!

3. Reveja quais crenças limitantes e emoções mal resolvidas estão te paralisando e quais conceitos precisa mudar para ser mais feliz no trabalho. Repense sua trajetória, faça mais cursos, se atualize, revise seu currículo, pratique networking e renove os ares. Assim, você não se acomodará e não se entregará ao estresse.

4. Encontre seu propósito para que sua motivação seja renovada diariamente, afinal, quando sabemos aonde queremos chegar e vemos sentido na vida, o caminho fica mais leve. Algumas pessoas estão infelizes, pois, se acomodaram e estão sem perspectivas de crescimento. Quem tem objetivo não se preocupa com as pedras no caminho, apenas segue em frente!

5. Cuide de si mesma, comece a aula de yoga, a caminhada no bairro, o grupo de dança, o pilates, a corrida. Supere os primeiros dias e a preguiça, quando você começar a colher os benefícios nunca mais vai deixar de olhar para si mesma! Cuidando de si mesma, da alimentação e da mente, o estresse ficará controlado e certamente isso se refletirá no seu comportamento no trabalho e na carreira, em geral. Quando nos amamos, conseguimos lidar melhor com os períodos difíceis.

6. Estabeleça alianças e parcerias positivas no trabalho com pessoas que possam te ensinar, apoiar e com as quais você consiga trocar ideias e ser “alimentada”.

Pratica e depois me conta, eu sei que você verá a mudança, ainda que se mantenha no mesmo local!

Sucesso!

_______________

Luciane Vecchio
Psicóloga Clínica | Consultora | Mentora | Colunista | Especialista em Desenvolvimento Humano, RH, Empreendedorismo, Carreira e Liderança | Atendimento a Executivos | Revisão de CV e Perfil Campeão LinkedIn
CRP: 06/74914

Luciane Vecchio

Autor: Luciane Vecchio

Psicóloga Clínica | Dra Carreira e Propósito - Instagram @dravecchio | Especialista em Carreira, RH, Liderança e Empreendedorismo | Colunista de Carreira & Comportamento | CRP: 06/74914

[email protected]