Entrevista: Como responder às perguntas dos Recrutadores?

E-mail enviado por uma leitora:

Se a empresa me perguntar assim: O que te chamou atenção nessa oportunidade? Por que acredita ter perfil pra assumir? Qual a resposta que concretamente devo dar nessas duas perguntas acima?

Resposta: Sempre que recebo estas perguntas, gosto de reforçar a necessidade de não buscarmos respostas prontas. E, sim, é isso mesmo, eu não vou te dar uma resposta padrão! Me desculpa?

Sei que seria reconfortante dizer a você a receita do bolo e, de preferência, do melhor bolo do mundo.

Mas, da mesma forma que o melhor bolo do mundo depende do gosto de quem come, não existe uma afirmação correta quando se trata de responder a esta pergunta. E isso ocorre devido ao fato de que temos muitos diferentes perfis, tanto de pessoas, quanto de vagas, culturas, empresas e mais ainda do que está envolvido num processo seletivo. Apenas para compartilhar alguns pontos, há o perfil do gestor que solicita a vaga, da vaga em si, da equipe, da empresa, do que esta organização busca preencher com esta contratação. E por aí, vai...

Não quero com isso te deixar confusa, mas fazê-la perceber que de você tem que partir esta resposta, com muita segurança e assertividade. Afinal, por qual motivo, honestamente, você deseja determinada vaga? Dinheiro? Localização? Oportunidade de aprendizado? Mais tempo com a família?

Atuar numa empresa com determinados valores? Qual seria a resposta mais oportuna que verdadeiramente se encaixa nas suas expectativas? E quais respostas você considera inadequadas?

E para saber quais são inadequadas, se coloque no lugar do contratante: se você estivesse fazendo uma seleção para algum par de trabalho ou liderado, o que seria inadequado falar ou ouvir? Com isso não digo que devemos mentir num processo seletivo, mas, alinhar nossas respostas aos valores que temos e à vaga aberta!

Tudo passa pelo autoconhecimento. Neste caso, também passa pelo conhecimento prévio da empresa, perfil da vaga e motivos pelos quais aquela descrição te agrada. Sinceramente, quando você lê um perfil de vaga ou entra no site de uma empresa, além da necessidade de pagar contas, o que mais te levaria a todo dia usar seu tempo atuando naquela organização?

Você se conhece? Sabe quais são seus valores? Por quais motivos você se considera apta para ocupar esta posição? Sabe do que não gosta?

Veja, não quero te frustrar, mas realmente não há uma única e certeira resposta, aquela matadora! E eu não seria ética se te desse a tal receita do bolo...  cada qual sabe a quantidade de açúcar que deve colocar, afinal, em seu doce preferido.

Eu te devolvo a pergunta: por quais razões você aceitaria uma proposta de emprego ou ainda trocaria o trabalho atual por determinada oportunidade? O que brilha seus olhos quando se trata de mudar ou aceitar uma oportunidade de trabalho?

Ainda que alguns Recrutadores inexperientes contrariem esta afirmação, o que as pessoas querem ouvir aqui é a sua verdade – até para entender se o que eles buscam enquanto empresa têm a ver com o que você busca para sua vida e carreira. Para você por que esta empresa chama a atenção e no que aquela determinada posição vai ao encontro das suas habilidades, necessidades e quais valores seus ela atende? Você seria feliz ali, poderia usar seus conhecimentos, talentos e motivadores?

Analise e descubra em você mesma os pontos fortes e pense na sua carreira, no seu passado e no desenho da sua trajetória, quais competências te deixam preparada para ocupar esta posição? Sejam elas técnicas ou comportamentais, qual seria o seu diferencial se esta empresa tivesse você como colaboradora?

Com isso você conseguirá montar, à sua maneira, a melhor resposta!

Sucesso!

_____________________

Luciane Vecchio
Psicóloga Clínica, Master Coach, Especialista em RH, Carreira, Liderança, Executive & Life Coaching, Colunista de Carreira & Comportamento
CRP: 06/74914

Luciane Vecchio

Autor: Luciane Vecchio

Psicóloga Clínica, Master Coach, Consultora de Carreira, Especialista em RH, Orientadora Vocacional, Colunista de Carreira & Comportamento. CRP: 06/74914

[email protected]