Amigos e conselhos - busca por recolocação ou mudança de carreira

Amigos e conselhos - busca por recolocação ou mudança de carreira

É verdade, eu sei, que você sempre pensa que os amigos somem na hora em que você mais precisa, normalmente quando perde o emprego ou precisa ser aconselhado.

Mas, amigos de verdade são poucos mesmo, não conheço quem tenha 15 deles, sinceros e muito próximos.

Na verdade, este artigo parte da minha experiência. Apesar de ser extrovertida, comunicativa e ajudadora até demais (e provavelmente por isso) acabo sendo pouco aconselhada (acho que as pessoas pensam que quem ajuda demais é autossuficiente e não precisa de ajuda, risos). Há poucos dias estava numa situação complicada e precisava ser aconselhada, precisava conversar, mas estou tão habituada a ajudar que não havia tomado consciência disso: precisava ser ajudada!

Pois bem, comecei a conversar com uma amiga muito querida e no final, após mais de uma hora de conversa, vi o quanto aquele diálogo com escuta ativa e atenciosa, além de verdadeira empatia e ausência de julgamentos, foi importante. É uma amiga também coach, em que confio integralmente.

Pois bem, quando terminei fiquei pensando o quanto somos injustos e saímos em disparada julgando: "ninguém me dá atenção, não sou ouvido, meus amigos somem". Mas também analisei como nos esquecemos de pedir ajuda.

É, este artigo parece bobagem, mas para e pensa quantas vezes você apenas ficou esperando que entendessem suas necessidades quase que por mágica e quantas vezes você efetivamente pediu ajuda, de forma objetiva, sem rodeios e sem apenas dizer: posso te mandar meu currículo?

Analisei e cheguei à conclusão que eu e muitas pessoas costumamos esquecer que somos protagonistas e não vítimas de nossa história e que esperamos que adivinhem nossas necessidades.

Pois o meu convite hoje é para que saia do virtual e do vitimismo e marque um café com alguém em quem confia e "troque ideias", fale, peça, OUÇA também, solicite ajuda abertamente e veja o resultado. Aí sim a mágica acontece por que, da mesma forma que ocorreu comigo, em que uma conversa me ajudou e eu consegui resolver de vez uma dolorosa situação (e com uma opinião sincera e "de fora", sem o envolvimento emocional no problema) através de uma querida amiga, isso também pode acontecer com você!

Isso não é autoajuda!! Isso é praticar algo que está fora de moda, que alguns pensam ultrapassado, aquele cafezinho na varanda lá do interior em que um compadre ajudava o outro e uma comadre aconselhava a outra...

Resgate as pessoas que fazem e fizeram diferença em sua vida. Peça conselhos sobre carreira, olhe sob nova óticas suas dúvidas sobre escolhas profissionais e esteja aberto para aprender e ver tudo sob nova perspectiva!

E depois de praticar, me conta, ok?

Ah! Se precisar de ajuda especializada, conte comigo!

_____________________

Luciane Vecchio
Psicóloga Clínica, Master Coach, Consultora de Carreira, Especialista em RH, Orientadora Vocacional, Colunista de Carreira & Comportamento
CRP: 06/74914

Somente são permitidas cópias em que seja respeitada a autoria! 



- - -

Para te apoiar no aumento de performance em qualquer área da vida, conte comigo!

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem dar o devido crédito.


Luciane Vecchio

Autor: Luciane Vecchio

Psicóloga Clínica, Master Coach, Consultora de Carreira, Especialista em RH, Orientadora Vocacional, Colunista de Carreira & Comportamento. CRP: 06/74914

[email protected]